quarta-feira, 2 de julho de 2008

Curtas


Mudanças. Pregos e martelos, barulho. A poeira no ar forma uma fina cortina de uma linda fumaça, no chão forma um amontoado de detritos de alvenaria. A cortina esta no chão, a cama na parede e o teto está vazio. Temos de desarrumar para arrumar em outro lugar, vamos mudar. O que tiramos nem sempre consegue voltar, parece que o espaço diminuiu sendo o mesmo espaço. Será que fomos nos quem mudamos ou as coisas? Afinal só elas não se movem para dizer, com certa propriedade, que mudaram de lugar. Nos, seres andantes, não temos qualquer justificativa de dizer que nos mudamos, afinal isso é o que mais fazemos. Andar de um lado para o outro enquanto falamos ao telefone, nossa quanta mudança em apenas cinco minutos de ligação. Na fila do banco mudanças homeopáticas, e a dose quem dá é o caixa. Enquanto dormimos mudamos apenas em pensamento.

Mudança, cada uma diferente em si. Nem as mudanças que voltam a ser o que eram são as mesmas nas mesmas medidas. Armário que folga, porta empenada, pregos e martelos. Pegue a vassoura, pendure a cortina, coloque o colchão, tire o ventilador da mala do carro.

“Vamos, não fique ai parado olhando pela janela” Isso não muda. Nenhum obrigado.

Mas continuamos mudando.

Imagem de Sir Lawrence Alma-Tadema

5 comentários:

Ailatan Do Contrario disse...

"Mudar pode ser positivo.
Trazer à vida um novo motivo
de ver tudo de um jeito novo
vendo outra vez o mesmo povo.
Continuando no mesmo chão,
ou tudo melhor só na imaginação.
Trilhando o mesmo caminho,
mesmo que seja sempre sozinho.
Pode ser mudança de opinião
ou apenas de estação.
Só não se pode perder na mudança
o encantamento do novo
aprendido quando criança."

Me inspirou!rsrs
Vai p blog!rsrs
bjon

Mayara Bandeira disse...

a vida inspira a arte...

haha, sou muito poética. hãn!

sweetsilent disse...

"quem cessa de mudar,para de existir"

=*

friocomopedra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
friocomopedra disse...

'“Vamos, não fique ai parado olhando pela janela” Isso não muda.' muito "obrigado."