domingo, 22 de junho de 2008

E é lá que me perco


"...e é lá que me perco..."

Pernas bambas, lábios retraídos. As mãos procuram paredes onde se agarrar, mas só encontra o ar. Os seios procuram mãos que queiram lhes pegar, mas a cintura esperta já substituiu o seu lugar. Os olhos se reviram, mas não acham imagens. A boca faz sons, mas não acha linguagem. Mente e corpo tão distantes. A vontade do corpo nesse instante supera a vontade da mente. O corpo não respeita mais nada, é puro prazer.

"...e é lá que me perco..."



Imagem de Georges Braque

2 comentários:

sweetsilent disse...

"quem procura acha..."(ditado popular)
&
"e quem acha,vive se perdendo"(Noel Rosa)
hahahha
e e lá que vc se perde....

=*

Ailatan Do Contrario disse...

"Além do mais quem busca nunca é indeciso"

Se perder e se achar são tão proximos como amar e odiar...é preciso viver um pouco dos dois para ser completo!

As vezes qndo nos perdemos é q nos achamos!

bjon

Ps: Preciso da sua ajuda p escrever um haikai(talvez vc não saiba o q é isso mas depois eu te explico)